Seja bem-vindo ao Taylor Lautner Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre o ator Taylor Lautner, conhecida por dar rosto ao Jacob na saga Crepúsculo. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos artísticos, assim como notícias, fotos e vídeos de sua vida pessoal e profissional. Esperamos que goste e volte sempre!

Arquivo de 'Taylor Lautner'



Makena Lautner, anunciou nos stories em sua conta oficial do Instagram, que convidou Taylor Lautner para ser seu ”Padrinho de Honra”, e claro, ele aceitou! A mesma ainda relata, que não existe ninguém melhor para ficar ao lado dela no melhor momento de sua vida. Nesse último sábado (18), Makena preparou uma grande festa para convidar seus padrinhos e madrinhas para seu casamento, que acontecerá no primeiro dia de maio do ano de 2020. Taylor Dome (atual namorada de Taylor e uma das melhor amigas de Makena),  também será uma das madrinhas. Ela também, publicou um stories com uma foto de Taylor Lautner todo empolgado tirando fotos da mesma durante sua prova de vestidos de noiva.

Confira as postagens de Makena:

 

 

 

FOTOS DURANTE A FESTA:

A MARAVILHOSA IMAGEM DE TAYLOR FILMANDO MAKENA:

Será que o padrinho terá tempo para arranjar um smoking? Porque Jacob Black  não teve!


”O padrinho não teve tempo de arrumar um smoking”   Jacob Black, Amanhecer.


 

postado por Alexia Augusto no dia 25.05.2019

Nesse último domingo (20), aconteceu em Nova Orleans, o decisivo jogo de New Orleans Saints X Los Angeles Rams, e claro, um grande fã do time Saints, Taylor Lautner voou até Nova Orleans somente para assistir esse épico jogo. Muitos stories foi publicado por ele no início do jogo, ele estava na companhia de sua namorada Taylor Dome, e também dos seus amigos Chris Titone e Meghan Payton. Infelizmente os Saints perderam para os Los Angeles Rams, e não vão jogar no SuperBowl.

FOTOS ANTES PRÉ – JOGO:

 

Fotos e Stories de Taylor Lautner durante o jogo:

 

postado por Alexia Augusto no dia 21.01.2019

Os irmãos Lautner mais uma vez nos mostrou o quanto o ”amor” deles é forte. No início do mês de Julho, Makena completou seus 19 anos de idade, ela recebeu várias surpresas de seus amigos e também do namorado, mas nada foi capaz de completar sua alegria do que a presença do seu irmão, Taylor. Makena reside atualmente em Nashville, que fica algumas horas de distância da Califórnia (cidade atual de seu irmão).

Por motivos que infelizmente nós não sabemos, Taylor não pôde comparecer no mesmo dia do aniversário Makena, todavia, ele pegou um avião e voou até ela no dia seguinte, e fez aquela surpresa ilustre com sua presença, causando emoções em Makena e em si mesmo. No vídeo é possível ver Taylor e Makena chorando ao se encontrarem, e é realmente impossível não conter as lágrimas ao ver o tamanho do amor de nossos irmãos favoritos.

Makena compartilhou o vídeo em seu canal oficial do YouTube, ela editou diversos vídeos de todas as surpresas que recebeu,  sem dúvidas, Taylor é o melhor irmão mais velho do mundo!

 

ASSISTA A CENA DA SURPRESA:

 

ASSISTA O VÍDEO COMPLETO NO CANAL OFICIAL DE MAKENA:

postado por Alexia Augusto no dia 07.08.2018

01_tlm_

Em entrevista ao site Metro.Us, durante a divulgação do filme ‘Run The Tide’, Taylor Lautner contou que não consegue guardar mágoas! Nosso ídolo têm o coração de ouro. Ele revela que uma da suas qualidades, é perdoar as pessoas facilmente. Confira a entrevista completa logo abaixo:

 

“Desculpe, Taylor Lautner diz que não tira mais a camisa se não houver motivos”

O ator de “Crepúsculo” e Constance Zimmer falam seu novo drama de sequestro “Run The Tide.”

No novo melodrama “Run The Tide”, Reymund (Taylor Lautner) cuidou de seu irmão mais novo, Oliver (Nicos Christou), enquanto sua mãe viciada, Lola (Constance Zimmer, “UnREAL”) esteve na prisão. Mas quando Lola está prestes a ser liberada, Reymund teme outro ciclo de abuso, e rapta Oliver para protegê-lo.

Lautner faz Reymund simpático como ele faz uma série de más decisões, enquanto Zimmer dá um desempenho pensativo como uma mãe que quer perdão. Conversamos com os atores sobre “Run the Tide”.

Constance, o que lhe agrada sobre ser uma mãe viciada em drogas saindo da prisão e tentando se reconectar com a família?
Constance Zimmer: [Risos]. Quando você diz isso assim! Eu nunca tive a oportunidade de interpretar um personagem como este que está quebrado, falho e procurando a redenção das pessoas que ela mais machucou e amou mais. Ela está despida de tudo – não apenas sua maquiagem e cabelo, mas emocionalmente também.

Taylor, Rey carrega um enorme peso nos ombros. Quais são seus pensamentos sobre o perdão, deixando ir, e as segundas chances?
Taylor Lautner: Eu não guardo rancores. Eu sou como um Golden Retriever: Me bata no rosto um dia e no próximo eu vou implorar para você brincar comigo. Eu perdoo muito facilmente. Eu acho que é uma boa qualidade. Todo mundo merece uma segunda chance. É isso que Lola está passando. O perdão é uma coisa positiva.

Taylor, Rey tem problemas com confiança dado o comportamento de Lola. Você está confiando?
Lautner: Eu costumo colocar paredes. Eu tendo a ter relacionamentos um entalhe mais lento do que o normal e certificar-me de que alguém está nele pelas  razões certas. Então eu abaixei as paredes e entreguei tudo.

Constance, que observações você tem sobre as escolhas parentais de Lola?
Zimmer: Os pais fazem escolhas para seus filhos que podem ser muito difíceis, mas podem ajudá-los no final. Ela quer dar Rey de volta a sua vida e ter de volta a sua vida. Ela precisa se curar com Oliver, que está sofrendo.

Taylor, você sente pressão para levar um filme como um homem importante após o seu sucesso de “Crepúsculo”?
Lautner: Com esse filme, eu não senti pressão; Foi um projeto de paixão para todos os envolvidos. A história é baseada fora da vida do escritor. Éramos uma equipe que queria contar essa história e tocar as pessoas.

E quanto ao seu status de galã e a propensão para exibir seu abdômen?
Lautner: Eu me encontro rebelado contra isso agora. Se não faz sentido para mim sem camisa, não vamos fazê-lo. Eu tenho feito muito disso no meu tempo. Eu não senti isso nisso.

Você também canta muito mal duas vezes no filme. Você é uma péssimo cantor?
Lautner: Eu sou o pior cantor que você conhecerá em sua vida. Mas eu amo uma boa noite de karaokê, mostrando minhas habilidades ruins.

Fonte: Metro US

 

postado por Débora Gonçalves no dia 03.12.2016

tlm_greenmeanie_09

Taylor Lautner iniciou sua carreira interpretando ”Sharkboy”, um super-herói que marcou a infância de muitas pessoas. Anos depois, ele deu um enorme salto em sua carreira, interpretando o lobisomem ”Jacob Black”, que também foi uma espécie de super-herói, já que Jacob fazia o possível e o impossível para salvar e proteger a vida de Bella Swan. O que a gente jamais esperava, é que um dia, Taylor Lautner interpretar uma espécia de ”vilão” ou melhor, um assassino! No sexto episódio da segunda temporada da série ”Scream Queens”, que foi ao ar no canal FOX do Brasil nessa última quarta-feira (23 de novembro) e que têm o nome de ”Blood”, trouxe uma revelação bombástica, que deixou os fãs de Taylor, realmente muito chocados. Para quem ainda não sabe, Taylor Lautner interpreta Dr. Cassidy Cascade, um médico misterioso e super inteligente que trabalhar no instituto C.U.R.E, junto ao seu parceiro Dr. Brock Holt (John Stamos). Cassidy Cascade, já revelou que está morto, no terceiro episódio da série, ele é um cara super gelado e também afirmou ser uma espécie de ”Viagra Feminino”. E então, no episódio ”Blood”, Cassidy Cascade arranca a máscara de seu difarce de ”Green Meanie” (Vilão Verde) para a enfermeira Hoffel, após tentar matar a Chanel nº9. Ainda há mais um assassino que não foi revelado, mas tudo o que sabemos, é que Cassidy Cascade também é um assassino. Muitos fãs ficaram chocados, apesar da tamanha desconfiança desde o início da série. Havia muitas dicas de Cassidy Cascade seria um dos assassinos e então, veio logo a confirmação neste último episódio.

CONFIRA O ARTIGO FEITO PELA ”ENTERTAINMENT WEEKLY”

 

O Vilão Verde é finalmente desmascarado, mas um novo maníaco decide se juntar a matança.

Esta é a semana, amigos, quando o Vilão Verde é finalmente desmascarado! Claro, não é uma resposta completa ao mistério de quem está por trás desses assassinatos hospitalares, mas é pelo menos uma das respostas. Pisca, pisca! Que melhor maneira há de dar início a um episódio importante e de abertura dos olhos do que com uma competição saudável?

Dr. Hawful, o médico favorito de todos, surpreende o pessoal do hospital com uma competição amigável para botar todos para cima. Bem, deve se dizer que Hawful tem suas próprias terríveis razões para colocar uma copetição a base de sangue. Veja, quem pode coletar mais sacos de sangue dos doadores ganhará uma fuga para a Ilha do Sangue. Isso serve como o disfarce perfeito para Hawful finalmente colocar Chanel e suas seguidoras para fora de Timbuktu, livrando seu amado hospital do canto fúnebre ela é forçada a trabalhar com todos os dias. Que os jogos comecem.

Chanel coleeta o sangue de seus próprios seguidores, não para as mesmas razões do Vilão Verde, no entanto. Chanel tem sua própria unidade de sangue pessoal para ganhar e para doar bastante do seu próprio. Chanel#5 é uma doadora fácil, já que não pode se mover muito, assim coloca-la para baixo e mantê-la assim é uma tarefa faácil para Chanel. Naturalmente, retirar o sangue inteiramente de uma pessoa não servirá a esperança de Chanel para a glória, assim que vira para a adição mais atrasada: Chanel # 9. Ela acredita que a novata não terá problema em oferecer seu sangue, como # 9 é uma “emo” e “atraída por agulhas”, como Chanel coloca. Surpreendentemente para Chanel, porém, # 9 tem um medo irracional do instrumento afiado e se recusa a doar nada além de conselhos úteis.

Curiosamente, Chanel não é a única a investir tempo precioso nesta competição. Munsch, levando todo o jogo muito a sério, troca a doação de sangue pessoal da Chanel por um com muitos problemas. Munsch, em seguida, dá a notícia dolorosa para a líder da gangue de meninas médias que ela tem uma DST … bem, todas as DSTs, na verdade. Como isso é possível? Ninguém parece saber, mas Dr. Holt é imediatamente desligado de sempre querer ser íntimo com Chanel novamente. Munsch não só ganha de volta a chance de estar com Holt, mas ela também anuncia que o sangue infectado de Chanel não será mais usado na competição. Dr. Hawful mostra claramente sua alegria em saber Chanel está sofrendo, mas ela não está completamente no lado de Munsch quando se trata de tirar Chanel do concurso. Em uma cena de reação prolongada e estranha, Munsch corre pelo corredor em câmera lenta para rasgar as barras de progresso da área de Chanel no gráfico. Chanel segue de perto, mas não está preparada para uma luta épica de Munsch.

Todo mundo tenta usar este concurso para sua vantagem, mesmo o maduro e sábio Zayday Williams. Visitando a suposta mãe do Vilão Verde, ela tenta obter uma amostra de sangue para aprender o tipo de sangue do bebê, para que ela possa fazer uma referência cruzada com toda a equipe do hospital. Isso não só poderia descartar o seu novo amigo Chamberlain, mas também fornecer uma lista real de suspeitos. Chamberlain já está a par disso e mantém sua inocência por toda parte, mesmo dizendo a Zayday que ele sabe que eles podem descobrir quem é o bebê real se eles trabalharem juntos. Zayday acaba com as esperanças dele e mantém sua distância, pedindo desculpas a seu amigo por tomar a estrada segura.

PRÓXIMO: O assassino é revelado!

Mais uma vez, Chanel adota a estratégia completamente oposta. Percebendo que ela não vai ganhar o concurso com o sangue de retudado de # 5 sozinho, Chanel vai em uma unidade de sangue móvel para roubar um estoque inteiro de sacos de sangue para sua coleção. Bom trabalho, Chanel;  Antes que ela possa verdadeiramente se aquecer em seu gênio, ela percebe que a maioria de seus sacos de sangue velho estão faltando, mas não tem que ir muito longe para notar que Hester roubou-os para seu próprio experimento doente e torcido. Deixar o sangue ao redor e Hester é obrigada a encontrar algo interessante para fazer com ele, certo? Um novo paciente, que acredita ser um vampiro, não pode parar de beber sangue. Hester desencadeia o velho “Blurred Lines Cure”, como ela chama, o que basicamente significa que o paciente terá que beber sangue até que ele não possa suportá-lo mais. Surpreendentemente, isso funciona para curar o homem, mas Hester teve que usar uma boa dose de sangue STD para fazer o trabalho. 

Chanel descobre sobre a traição e sabotagem de Munsch dyrante a estranha cura de Hester, não só ganhando o Holt, mas também colocando-a de volta na competição. Chanel sabe que ela precisa apenas um pouco mais de sangue, no entanto, e mais uma vez se vola para # 9. Desta vez, Chanel corre para sua nova seguidora, mostrando rapidamente o quão fácil doar sangue pode ser quando um profissional faz isso. # 9 respira um suspiro de alívio de finalmente superar seu medo de agulhas, mas Chanel é Chanel, ela deixa a doadora sozinha e amarrada. O Vilão Verde faz uma nova vítima, mas a volta de todas as voltas começa a fazer sentido para desvendar o mistério.

Dr. Hawful faz a coisa mais ousada de todos os psicóticos no hospital confrontando o Vilão Verde sem hesitação. Ela não mostra sinais de preocupação de que o assassino possa mata-la e se oferece para matar # 9 se o Vilão tirar sua máscara. O assassino relutantemente concorda… e não é outro senão o Dr. Cascade! Zayday estava certa em pensar que o bebê nascido anos atrás era o assassino. Cascade e Hawful fazem um acordo para unir forças, mas com a ressalva de que Hawful tem controle sobre o castigo que acontece com as Chanel.

Com # 9 bombeado todo o seu sangue, outra vida é tristemente tomada – mas também dá à Chanel uma liderança enorme na competição. O plano de Hawful para ter a vitória de Chanel parece dar certo, mas o um erro principal que ela comere é subestimar a necessidade de Chanel para o luxo. Claro, Chanel ganhou e ganhou uma viagem para Blood Island com o Dr. Holt, mas seus meios de chegar lá não estão à altura. Hawful deveria ter sabido que Chanel precisaria de um vôo fretado para chegar a onde essa ilha apropriadamente nomeada está localizada. Chanel decide devolver o prêmio, deixando Hawful em uma onde de raiva – e que que sabemos seus verdadeiros motivos, isso provavelmente não vai ser benéfico para o bem-estar da Chanel.

Não é muito difícil de animar Hawful, no entanto, e Cascade sabe como fazê-lo. Dando-lhe uma réplica do traje de Vilão Verde, os dois fazem suas aparições assassinas e andam pelos corredores, prontos para se juntar e tirar algumas novas vítimas.

E aí temo pessoal: A revelação do Vilão Verde! Com dois assassinos à solta – e supostamente um terceiro, maníaco não identificado também buscando por vítimas – quem será o próximo para o bloco de corte se juntar aos mortos, e por quê?

Nota para o episódio: B+

A cena mais surpreendente de todas!

Hello, I'm Green Meanie

Hello, I’m Green Meanie

E AÍ, O QUE VOCÊS ACHAM DESSE PERSONAGEM ASSUSTADOR DE TAYLOR LAUTNER?

Obs.: Pedimos perdão aos fãs que ainda não assistiram ao episódio, mas tínhamos que comentar sobre esse personagem maravilhoso!

 

ARTIGO FEITO POR DÉBORA GONÇALVES E ALEXIA AUGUSTO, RESPEITE A EQUIPE TLM, SE FOR PUBLICAR EM SEUS SITES OU FANPAGES, DÊ OS DEVIDOS CRÉDITOS AOS MEMBROS DA EQUIPE E TAMBÉM AO SITE!!!

postado por Débora Gonçalves no dia 24.11.2016